Santa Helena

Reabilitar para o conforto

Reabilitar para o conforto foi basilar nas estratégias de projeto adotadas nesta moradia unifamiliar. Como resultado obteve-se uma operação de reabilitação que originou uma moradia reabi­litada de traça vernacular com Eficiência Energética Classe A.

A moradia sofrera ao longo dos anos intervenções pouco cuidadas que depreciaram o edifício sobretudo ao nível do piso rés-do-chão, que apresentava uma grande área sem luz natural devido ao enclausuramento do edifício no tardoz. Encontrava-se devoluta, com patologias acentuadas, não apresentando condições de habitabilidade. Contudo, apresentava ainda elementos de grande valor arquitetónico e singularidade passíveis de recuperação e que interessava salvaguardar.

Em termos da reabilitação arquitetónica da casa existente, foi fulcral resolver a re­lação do piso rés-do-chão com o tardoz do edifício. A solução passou pela inscrição estratégica de um pátio que veio resolver a iluminação natural da cozinha que se inscreve no tardoz do edifício e também proporcionou um cenário e um espaço exterior direto à sala contígua. Foi também estabelecida uma ligação interior entre a moradia e o edifício da gara­gem.

De uma forma geral a intervenção arquitetónica procurou dotar a moradia de co­erência formal, redefinindo a relação hierárquica entre os diferentes espaços que se apresentava comprometida pelas alterações ocorridas ao longo dos anos, muitas delas pouco cuidadas.

Projecto nomeado no Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2017 na categoria de Melhor Eficiência Energética

ano: 2015
tipo: Habitação unifamiliar
cliente: Particular
local: Santa Helena, Porto
fase: Concluído
arquitectura: Marta Campos – Arquitectura
gestão de empreendimento: Swark
fotografia: José Campos, Architectural Photography